TEM QUE ESTAR TUDO LIMPO ATÉ MAIO: GOVERNO ASSUME COMO PRIORIDADE A LIMPEZA DO MATO

“TRANSIÇÃO SUAVE” NO PSD
18 Janeiro, 2018
FILHOS DO EMBAIXADOR IRAQUIANO ACUSADOS DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO
18 Janeiro, 2018

TEM QUE ESTAR TUDO LIMPO ATÉ MAIO: GOVERNO ASSUME COMO PRIORIDADE A LIMPEZA DO MATO

Para o ministro da Administração Interna é uma “prioridade absoluta” a limpeza do mato até maio, uma responsabilidade que deve ser “de todos” os cidadãos, que vai contar com o reforço no que diz respeito à prevenção de incêndios florestais.

Estão já identificadas 19 áreas com maior risco de incêndios florestais, uma lista que será divulgada à posteriori, assim como a lista dos municípios, freguesias e aldeias em que se verifica um risco mais elevado.

Para que nada volte a ser como antes, o ministro Eduardo Cabrita indica que deve existir um “esforço nacional” neste domínio para que, “com meios reforçados, previstos no Orçamento do Estado, se programe o combate e se prepare a transição para um modelo diferente, um modelo que permitirá sobretudo uma intervenção acrescida na área florestal“.

Os incêndios que deflagraram na zona de Pedrógão Grande, distrito de Leiria, e Góis, no distrito de Coimbra, a 17 de junho, provocaram 66 mortos e 250 feridos, para além dos avultados prejuízos materiais. Já as centenas de incêndios que deflagraram no dia 15 de outubro, o pior dia de fogos do ano segundo as autoridades, provocaram 45 mortos e dezenas de feridos, naquela que foi a segunda situação mais grave de incêndios com mortos em Portugal, depois de Pedrógão Grande e adicionando outros incêndios no ano passado, registaram-se 116 vítimas mortais em fogos de origem florestal em 2016

Os comentários estão fechados.