EFEMÉRIDES: 15 DE MARÇO – HÁ UM ANO, ÁGUAS DE MARÇO EXPULSARAM A SECA DO PAÍS
15 Março, 2019
ESTA 4ª FEIRA HÁ REUNIÃO DE CÂMARA EM ODIVELAS
15 Março, 2019

RÁDIO CRUZEIRO DE PARABÉNS

O presidente da direção, Angelo Baleiro, com os colaboradores e amigos na emissão especial do 6º aniversário. (Foto de Angelo Baleiro)

Radio Cruzeiro Bolo 6º Aniversário

A Rádio Cruzeiro está de parabéns, fez no passado dia 14  de Março, 6 anos que retomou as emissões numa segunda vida, agora na Internet. Mas a história da rádio odivelense é mais longa. Iniciou a sua atividade há cerca de 33 anos, num período em que surgiram as emissoras não regulares, vulgarmente chamadas, rádios pirata.

Foi no ano de 1986, que um grupo de radialistas oriundos da Nova Antena e da Rádio Saturno, se reuniram no Café da Memória, em Odivelas, com o objetivo de criaram um projeto próprio.

Se bem pensaram, melhor executaram a sua ideia, no sábado, dia 27 de Outubro de 1986, tem início a primeira emissão da Rádio Cruzeiro,  em FM, na frequência 105,7 Mhz.

António José Portela, Henrique Martins, Humberto Fraga, Armando Gouveia, Luís Filipe Silva, Fátima Rodrigues, Carlos Jorge, Paula Morais, Fernando Silva, Luís Fraga e Fernando Rodrigues foram os fundadores da Rádio Cruzeiro.

Rapidamente a Rádio Cruzeiro entra no Top das mais ouvidas estações do distrito de Lisboa, em particular no concelho de Loures.

Por razões que a própria razão desconhece, os seus emissores foram confiscados duas vezes pelos serviços rádio elétricos, como aliás, na época, aconteceu com outras estações do distrito de Lisboa. Essa ação acabou por inviabilizar a continuação das emissões em FM.

No entanto, eis que cerca de 13 anos depois, no ano de 2013, fez esta semana exatamente 6 anos, um grupo com base nos fundadores, juntou-se novamente e tirando partido das novas tecnologias de comunicação, via Internet, faz renascer a Rádio Cruzeiro, no agora já concelho de Odivelas.

Sem dramas, sem stress, de Odivelas para o mundo, a Rádio Cruzeiro chega hoje a todos os continentes onde tem ouvintes.

 

Os comentários estão fechados.