PS E CDS-PP CHUMBAM HOSPITAL VETERINÁRIO EM ODIVELAS

PS CHUMBA MOÇÃO PARA TRADUÇÃO GESTUAL NA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ODIVELAS
20 Novembro, 2020
METEOROLOGIA Previsão para Sexta-feira, 20 Novembro 2020
20 Novembro, 2020

PS E CDS-PP CHUMBAM HOSPITAL VETERINÁRIO EM ODIVELAS

PS e CDS-PP chumbam Hospital Veterinário Solidário Municipal

 

 

 

 

ODIVELAS 19 Nov. 2020 – A proposta do PAN para a criação de um Hospital Veterinário Solidário Municipal em Odivelas foi rejeitada pelo PS e CDS-PP, em Assembleia Municipal, a 18 novembro de 2020.

O Hospital Veterinário Solidário Municipal tem como objetivo responder à necessidade de prestação de cuidados médico-veterinários a animais vítimas de maus tratos, errantes ou abandonados, a animais tutorados por munícipes com baixos rendimentos comprovados e a animais ao cuidado de associações de proteção animal com sede no concelho. Prevê ainda o suporte à atividade médico-veterinária exercida no Centro de Recolha Oficial de Animais do município.

Nelson Silva, mandatário da Comissão Política Concelhia do PAN Odivelas e deputado na Assembleia Municipal de Odivelas, declara que “esta é uma posição de negação de auxílio a famílias detentoras de animais de companhia em situação de vulnerabilidade social, sem capacidade para assegurar cuidados básicos de saúde ou socorrer os seus animais em contexto de emergência, e a associações de proteção animal, com a agravante da iminente crise socioeconómica que teremos de enfrentar em Portugal”.

“No concelho de Odivelas é frequente encontrar animais perdidos ou abandonados na via pública, acabando estes por não sobreviver ou serem recolhidos por munícipes antes da ação do Serviço Veterinário Municipal de Odivelas, seja pela situação de risco eminente em que se encontram, seja pelas dificuldades inerentes à ativação e intervenção daquele serviço. De entre as várias causas para o abandono de animais, está a incapacidade financeira do tutor em assegurar as despesas de saúde do animal”, afirma o deputado.

Para o PAN, este é um flagelo ao qual as autarquias não podem ser alheias, tendo o dever cívico e a responsabilidade legal de o combater, assumindo terminantemente um papel preponderante na proteção dos animais e suas famílias.

Os comentários estão fechados.