PAN QUER MULTAS PARA QUEM DEITAR “BEATAS” AO CHÃO

SEMANA DA SAÚDE, NA RAMADA
15 Maio, 2019
LOURES: CAMINHADA POR TERRAS E QUINTAS DO ARINTO
15 Maio, 2019

PAN QUER MULTAS PARA QUEM DEITAR “BEATAS” AO CHÃO

O PAN – Pessoas Animais e Natureza quer regulamentar o destino que é dado às pontas de cigarros que são deitadas ao chão e defende que os químicos presentes no filtro dos cigarros são um risco potencial para a saúde pública.

Estima-se que sejam mais de sete mil, as pontas de cigarros que a cada minuto acabam no chão e isso permite que toda a matéria química passe para a terra e para as linhas de água, contaminando solos, recursos hídricos e organismos vivos, acabando por entrar na cadeia alimentar e assim representar um sério risco para a saúde pública.

Por isso mesmo, o PAN – Pessoas, Animais e Natureza apresentou, no Parlamento, um projeto-lei para regulamentar o destino dado às pontas de cigarros. Além das ações de sensibilização, pede-se a obrigação da colocação de cinzeiros à porta dos estabelecimentos de restauração e a limpeza regular do espaço envolvente, a aplicação de uma ecotaxa aos produtores e aplicação de coimas a quem não quebrar o hábito de deitar a “beata” no chão.

No projeto-lei do PAN prevê-se ainda a criação de um órgão de fiscalização municipal, dedicado em exclusivo à poluição das ruas, a começar por Lisboa, para onde se pede também a distribuição de cinzeiros de bolso e a instalação de caixotes de lixo equipados com cinzeiro.

Os comentários estão fechados.