OPINIÃO/CRUZEIRO: ODIVELAS DE BOA SAÚDE E RECOMENDA-SE

ODIVELAS: CÂMARA LEVA MUNÍCIPES SÉNIORES ÀS SALINAS DE RIO MAIOR
19 Março, 2019
EFEMÉRIDES: 20 DE MARÇO – DIA DA SAÚDE ORAL
20 Março, 2019

OPINIÃO/CRUZEIRO: ODIVELAS DE BOA SAÚDE E RECOMENDA-SE

Odivelas de boa saúde e recomenda-se..

Como dizem alguns comentadores da praça, a inauguração, a dois tempos, do novo centro de saúde, chegou com uns quanto anos de atraso…

De promessas e outdoors está Odivelas cheia…

E mais cheia deverá de ficar, afinal, estamos em época de eleições e a campanha eleitoral avizinha-se.

Desde o inicio das primeiras promessas, a inauguração, agora feita, com toda a pompa e circunstância, continua a por a nú as fragilidades deste campo em Odivelas.

Apesar e de com alguma razão, o executivo dizer que não tem responsabilidades em alguns campos. Mas para isso, não basta pedir os apoios, para levantar paredes e esperar,que os médicos e restante pessoal apareçam.

Ou que os utentes consigam chegar de teletransporte aos centros de saúde…

Já que estacionamento, ou transportes públicos, continuam escassos.

Os doentes , esperaram ,enquanto se reúnem para a foto da praxe. Mas quem espera meses por uma consulta, o que são mais uns minutos?!

Os pacientes,ficam sem paciência para o tempo que aguardam por uma consulta, ou para terem médico de família…Mas isso, já não é problema da câmara.. aliás, a câmara, até se disponibilizou a construir o centro de saúde, recorrendo a todos os apoios a que teve direito…

E não há paciência, para a falta de sensibilidade, para a situação que se vive no outro lado da estrada, no Catus. Sem condições de acessibilidade, sem espaço físico, mas que ainda, vai continuar a receber pacientes.

De um lado, umas instalações à beira da rutura.

Em frente, um edifício novo,mas ainda sem funcionar em pleno.

Poderia ser caso único, no nosso concelho, mas não o é.

Há, também,o caso de edifícios recentes, mas que apresentam já,problemas estruturais e que foram planeados para funcionarem de uma outra forma. ( pelo menos quero assim acreditar )

A Unidade de Saúde Familiar (USF) Novo Mirante, que serve a população da Pontinha, localizada na vizinha freguesia de Carnide, no concelho de Lisboa é outro exemplo do estado em que está a saúde em Odivelas.

Nesta USF trabalham pouco mais de duas dezenas e meia de profissionais, que prestam cuidados de saúde a uma população que ronda as 20 mil pessoas. O edifício foi inaugurado em 2015 e alberga também a USF de Carnide.

O equipamento já apresenta problemas estruturais dignos de registo. Em alguns gabinetes a humidade até já provocaram constrangimentos de saúde aos funcionários que lá trabalham, as rachas são demasiado evidentes para um espaço com menos de 4 anos e a inexistência de um elevador onde caiba uma maca é perfeitamente incompreensível.

Casas de banho a aguardar reparação desde setembro de 2018 ou mais de metade das impressoras inoperacionais, por falta de tinteiros ou avaria, são alguns dos casos que ilustram esse mau estado da saúde em Odivelas…

E neste caso, de quem é a responsabilidade?!

O novo posto de saúde, que supostamente iria servir para retirar, os utentes do velhinho Olaio, apenas serviu, para carregar muitas familias para o Catus, que como já foi referido, tem as condições que tem…

Continuamos à espera, meses, por uma consulta, meses por um médico de família, mas enfim, isto, já não é responsabilidade da câmara…A câmara, prometeu um novo centro e a realidade é que cumpriu com a palavra…

Agora, que sejam disponibilizados os meios humanos e materiais, para que os e as utentes de Odivelas, tenham aquilo que merecem e não continuarem com o jogo do empurra de posto em posto de saúde.

Rui Santos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os comentários estão fechados.