OPINIÃO/CRUZEIRO: MAIO MADURO MAIO

DIA DO AMBIENTE NO PARQUE DO RIO DA COSTA
4 Junho, 2019
EFEMÉRIDES: 5 DE JUNHO – DIA MUNDIAL DO AMBIENTE
5 Junho, 2019

OPINIÃO/CRUZEIRO: MAIO MADURO MAIO

Maio maduro Maio

Maio, o mês, que em muitos dos concelhos nacionais, festeja-se a juventude.

Em Odivelas, não é exceção.

Promove-se o mês da juventude, mas no fim, apenas temos acontecimentos avulsos, com fraca divulgação e dinamização.

Acabam concentrados em dois dias, com as atividades radicais, espaços chill out, street food e dois  espetáculos musicais, em dias distintos do fim de semana.

Diria eu, que deveria de se começar a dinamizar este mês, com eventos de participação cívica, voluntariado e de trabalho em prol da comunidade.

Mostrar à juventude, que é preciso fazer mais e que eles podem e devem fazer mais e sentirem-se úteis…

Urge, agarrar esta juventude.

É urgente, de algum modo usar esta massa critica, para o bem estar geral.

Podíamos tentar compreender, que para a Câmara de Odivelas, o grande foco seja a cidade ( ou freguesia) europeia  do desporto.

Podíamos tentar, mas continuamos a ter um Onório Francisco ao abandono, mais um equipamento à espera de um qualquer protocolo, ou a falta de oportunidades no acesso a um uso informal de equipamentos desportivos por parte de todos e todas que habitam no concelho de Odivelas.

Corta-se daqui, corta-se dali e lá se vai fazendo a coisa…Mas depois, não dá para tudo…

Insisto, mais “trabalho” útil para a juventude nas áreas da cidadania ativa e voluntária.

Que não se quebre o entretenimento, mas que não seja só isso, senão ainda parece a programação da Malaposta, para o mês de Junho. (Programação disponibilizada no site, até ao dia de hoje, com apenas uma peça de teatro infantil e um concerto)

Maio e Junho, também se celebra a semana do Desporto. E aqui, nota-se a diferença.

Muitos eventos, bem separados, difundidos e quase todos, com grande participação da população de Odivelas e não só.

Demonstrações de várias associações e clubes do concelho, que nestes dias, têm a oportunidade de mostrar o que de melhor fazem, não só dentro de portas, como fora delas. Exemplos práticos como grupo desportivo dos Bons dias no corfebol, que conquistou a taça de Portugal desta modalidade, ou a AHBV de Caneças com o Muay Thai.

E a iniciativa Freguesia desafia, que se esgota nela própria.

A matriz da ideia, de louvar, mantém-se igual.

Escolhem-se os mesmo lugares, aproveitam-se outras iniciativas a decorrerem no mesmo dia e faz-se o mesmo de sempre.

Um insuflável e clubes a fazerem demonstrações, em que tentam puxar os presentes para a pratica desportiva.

De lembrar, que durante esta semana, muitas iniciativas, deste tipo, ocorrem num outro local…

Porquê não inovar?! Querem promover a atividade física, porquê a freguesia não desafia a um peddy paper, ou a uma corrida, caminhada, basquetebol de rua, passeios de bicicleta…Enfim, uma miríade de possibilidades, em que aí sim, faria justiça ao nome da atividade.

Assim, envolveria ainda mais a população e parceiros para ajudarem na organização, agora não faltam…

Rui Santos

Os comentários estão fechados.