OPINIÃO/CRUZEIRO: AUSÊNCIA FORÇADA (VAMOS LÁ FAZER AMIGOS)

“À RODA DOS LIVROS”, ESTA NOITE NA RÁDIO CRUZEIRO
16 Julho, 2019
EFEMÉRIDES: 17 DE JULHO – DIA MUNDIAL CONTRA A SECA E DESERTIFICAÇÃO
17 Julho, 2019

OPINIÃO/CRUZEIRO: AUSÊNCIA FORÇADA (VAMOS LÁ FAZER AMIGOS)

Ausência forçada (vamos lá fazer amigos)

Por motivos pessoais, não me foi possível aqui vir “destilar” veneno, a semana passada, como já fui acusado uma vez.

Felizmente, ainda não cheguei a alguma rede social e comecei a lavar roupa suja… ( a crónica semanal não conta)

Esta,foi uma semana, em que finalmente, parece que tudo vai recomeçar, pelo menos a um nível.

Mudei de zona, mas mantenho-me na união de freguesias, com mais presidentes, dirigentes e eleitos, tudo junto, por mais metro quadrado. (que por  acaso, é bem caro )

Não admira, que seja tão caro, conseguir uma habitação condigna em Odivelas e ainda quem ache que um quarto até ao máximo de 500 euros pode ser considerada uma opção acessível…

Há quem diga, que é a democracia a funcionar e assim o é…

Se eticamente, deveria de ser…Aqui duvido…

Se o grande Zeca fosse vivo, teria que fazer uma nova versão dos “Vampiros”…

Mas isto, para chegar onde?!

O movimento de cidadãos contra o corte da Linha Amarela, viu o seu “ruído” a ter frutos, na casa de todos nós.

O PS, a nível nacional, começa a perceber o erro de projeto, que é esta ideia. Ou melhor, começa a perceber, onde pode ficar a perder os seus votos, que lhes pode mudar os planos de uma perigosa maioria rosa… Mas não é caso único…

O PS, por cá, continua orgulhosamente só nesta aberração, uma premissa, que a sua maioria absoluta assim o permite, tanto no executivo da Câmara, como na Assembleia Municipal, em que os Presidentes de Junta, são eleitos por inerência do cargo que ocupam e apoiam esta ideia.

É este mesmo PS, que em assembleia municipal, chumba uma moção para o alargamento do Complemento solidário de Idosos,que deliberava:

–  exortar a Assembleia da República a alterar a legislação atual, de modo a que a atribuição do Complemento Solidário para Idosos (CSI) tenha apenas em consideração os rendimentos anuais do próprio idoso e da pessoa com quem está casado ou vive em união de facto há mais de 2 anos, excluindo-se assim a ponderação dos rendimentos dos filhos.

Chumbada, por esta maioria rosa, com o argumento que deveriam de ser os filhos a cuidar dos pais… Mas que se auto promove, por todos os lados e nem um lar, centro de dia, está previsto para todo aquele edificado que agora, deveria de pertencer a Odivelas.

E promove-se também com a cidade europeia do desporto 2020… Que cada vez mais, menos se nota…

Afinal, apenas faltam menos de cinco meses para chegarmos lá e o que vemos, ou melhor, perguntemos com o que vamos ficar…

Cada vez mais, a concentrar esforços e eventos no Multiusos de Odivelas,esquecendo as restantes freguesias.

Não se pode contar com obras necessárias em escolas, no urbanismo, aproveitando a embalagem para colar à cidade europeia do Desporto 2020.

Onde está, uma pista de atletismo a sério em Odivelas?!

Porque motivo, não se pode ter uma utilização regular dos campos multidesportivos perto do pavilhão multiusos?

Onde existe um equipamento, ao ar livre para trabalho físico, na União de Freguesias de Ramada e Caneças?

Para quando uma resolução para o Pavilhão Honório Francisco?

Continua a haver, um vazio de execução de projetos contra o manancial de ideias que são postas em linha de conta, em certas reuniões das comissões da assembleia municipal…

All-focus

 

Os comentários estão fechados.