OPINIÃO/CRUZEIRO : 20 ANOS

BLOCO DE ESQUERDA AUSENTE DAS COMEMORAÇÕES DO 20º ANIVERSÁRIO DE ODIVELAS
20 Novembro, 2018
CDS/ODIVELAS DÁ NOTA NEGATIVA À GESTÃO DOS PRIMEIROS 20 ANOS DE ODIVELAS COMO MUNICÍPIO
20 Novembro, 2018

OPINIÃO/CRUZEIRO : 20 ANOS

20 anos

Chegamos ao vigésimo aniversário do concelho de Odivelas. Um concelho, que já passou a maioridade, mas que ainda não chegou a adulto.

Celebrou-se esta efeméride, com poupa e circunstância, com um dia cheio de actividades e inaugurações. Assinatura de um protocolo de colaboração , para a construção de novas instalações para a divisão policial da PSP em Odivelas. A inauguração do parque urbano da Anta das Pedras Grandes em Caneças, seguindo-se a inauguração da réplica do painel de azulejos do Padrão do Senhor Roubado em Odivelas.

Houve, também, uma sessão solene comemorativa do aniversário. Uma sessão de auto promoção, em que as restantes forças políticas não tiveram direito ao uso da palavra, tal como tem vindo a ser hábito. Sem oportunidade de falar, de expor as suas ideias e o que pensam. Sem terem que estar a pensar em tempos, pontos da ordem do dia e afins.

Celebra-se este aniversário, com a ideia e a memória futura, como o inicio da ditadura, nos orgãos eleitos democraticamente. Confunde-se maioria absoluta, com poder absoluto. Esta maioria socialista, não pode servir para que se silencie as vozes incomodas e que mostram uma realidade, que  não é cor de rosa.

Odivelas, governada por uma maioria cor de rosa, mas que não se preocupa,com políticas públicas de qualidade, viradas para a população, nas áreas da saúde, da habitação, ambiente, transportes, educação, cultura e do abastecimento de agua e recolha de resíduos.

Continuam as promessas que ainda, um dia, vão deixar de as ser. A Escola dos Castanheiros..A nova escola básica de Odivelas, que ainda falta ser conhecido o projeto.

Entretanto continuam a barricar alunos em contentores. Faltam vagas no pré escolar e no primeiro ciclo não estamos melhor. Apesar das futuras escolas, para colmatar estas faltas, virem a aparecer, já a médio prazo, vamos ter falta de vagas em outros graus de escolaridade, o que mostra a falta de visão.

Continuam a ser promessas,um novo mercado na Pontinha e uma nova unidade de Saúde em Famões.

Faltam respostas e tardam soluções em várias questões que preocupam os Odivelenses.

A habitação disponível é pouca e a que existe, ao alcance de poucos. Sem respostas a nível social para quem habita nas zonas mais degradadas deste concelho.

Os transportes entre as freguesias. Por vezes, é mais complicado circular entre as freguesias, do que para fora elas. A criação do Voltas, apenas afastou mais as pessoas do centro de Odivelas, levando-as para a grande superfície comercial.

Nem tudo é mau em Odivelas.

Soubemos, recentemente, do aumento da frota de viaturas disponíveis para o Serviço de Proteção Civil, que ganhou novas valências, bem como da entrega de novo fardamento. (Apoio logístico e de transporte de pessoal)

Bem como, mais duas carrinhas de transporte, adaptadas para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. Que serão usadas pelas crianças e jovens dos Centros de Apoio à aprendizagem, que estão instalados nas escolas de da rede pública do concelho.

Será isto suficiente, para Odivelas?!

Serão as promessas que tardam a cumprir e que servem sempre para auto promoção, o suficiente para Odivelas?! ( tema que será abordado, numa próxima oportunidade)

Odivelas, já passou a maioridade, mas ainda não se assumiu, como um concelho, realmente para todos.

Parabéns Odivelas!!!!

Rui Santos

 

 

Os comentários estão fechados.