ODIVELAS: ASSEMBLEIA MUNICIPAL APROVOU VOTO DE PESAR PELA MORTE DE ISAURA BORGES COELHO

ODIVELAS: DEPUTADO MUNICIPAL DO CDS INDIGNA ASSEMBLEIA MUNICIPAL
29 Junho, 2019
TESTEMUNHAS DE JEOVÁ CONGRESSO INTERNACIONAL EM LISBOA
29 Junho, 2019

ODIVELAS: ASSEMBLEIA MUNICIPAL APROVOU VOTO DE PESAR PELA MORTE DE ISAURA BORGES COELHO

A Assembleia Municipal de Odivelas aprovou na sua última Sessão Plenária, por unanimidade, um Voto de Pesar pela falecimento de Isaura Borges Coelho, apresentado pela bancada do Bloco de Esquerda. O deputado municipal do CDS não participou na votação, uma vez que se ausentou da sala durante o momento em que se procedeu à votação.

Isaura Borges Coelho era enfermeira, lutadora contra o regime fascista e pelos direitos das enfermeiras, pelo que chegou a ser presa pela PIDE, durante quatro anos e libertada quando o seu estado de saúde era terrivelmente débil, pesando à altura, apenas 30 quilos.

Isaura Borges Coelho é recordada como uma figura emblemática  da luta das enfermeiras, pelo direito a poderem casar. Recorde-se que, naquela altura e por força de um decreto-lei de 1938 as enfermeiras não podiam casar, nem ter família a cargo, no caso das viúvas, uma proibição que só terminaria em 1963

Durante o período em que esteve presa a PIDE referia-se-lhe como “a casamenteira”, um insulto que acabou por se transformar num elogio. Em 2002 o presidente Jorge Sampaio condecorou Isaura Borges Coelho com a Ordem da Liberdade.

Os comentários estão fechados.