Morreu o cientista de 104 anos que foi para Suíça para ser eutanasiado

Histórias com seis décadas que marcaram o festival da Eurovisão
10 Maio, 2018
CONFIRMA-SE: EM ABRIL ÁGUAS MIL
10 Maio, 2018

Morreu o cientista de 104 anos que foi para Suíça para ser eutanasiado

David Goodall decidiu morrer uma vez que entendia que a sua vida estava em declínio há vários anos.

Morreu David Goodall, o cientista britânico de 104 anos que decidiu ser eutanasiado na Suíça, noticia a Sky News.

Após muita reflexão, o cientista decidiu viajar da sua casa na Austrália, país em que a eutanásia não é legal, e rumou à Suíça para colocar fim à sua vida.

David Goodall viajou acompanhado com quatro membros da sua família e com um amigo próximo.

Aos jornalistas, disse que o momento da sua morte seria acompanhado pela 9.ª Sinfonia de Beethoven.

O cientista não sofria de nenhuma doença terminal, no entanto, considerava que a sua “já estava em declínio” há vários anos.

Os comentários estão fechados.