RÁDIO CRUZEIRO: A CONSTRUÇÃO DE DOIS NOVOS ESTÚDIOS OBRIGA À SUSPENSÃO DAS EMISSÕES EM DIRETO ATÉ DOMINGO
1 Outubro, 2018
EFEMÉRIDES: 2 DE OUTUBRO – FAZ 14 ANOS QUE MORREU FIALHO GOUVEIA
2 Outubro, 2018

MORREU AZNAVOUR

O cantor e compositor Charles Aznavour morreu, durante a noite aos 94 anos, na sua casa de Alpilles, no Sul de França.

Autor de alguns dos êxitos de Edith Piaf, vendeu mais de 100 milhões de discos em 80 países, participou em 60 filmes e deixou-nos momentos musicais inesquecíveis, como “La Bohème” ou “La Mamma”.

Aznavour nasceu em Paris e era filho de um casal de emigrantes da Arménia, um cantor e uma atriz que esperavam por um visto para seguirem para os Estados Unidos e desde sempre as ligações com o país  origem dos progenitores.

A propósito do 60º aniversário do genocídio arménio, em 1975, Aznavour escreveu “Ils sont tombés” e mais tarde, criou a fundação “Aznavour para a Arménia”, após um violento sismo que abalou o aquele país e escreveu, para fins de solidariedade, a canção “Para ti Arménia”, que foi interpretada por diversos músicos franceses.

Aznavour escreveu um fado para Amália Rodrigues, “Aïe Mourrir pour toi”, por quem confessara um profunda admiração e amizade e a sua última atuação no nosso país remonta a dezembro de 2016.

Até sempre, Aznavour!

Os comentários estão fechados.