LOURES: PAN APRESENTA MOÇÃO A PEDIR RECONHECIMENTO DO TRABALHO DA ASSOCIAÇÃO CHÃO DOS BICHOS

EFEMÉRIDES: 19 DE MARÇO – DIA DO PAI.
19 Março, 2019
ODIVELAS: JUNTA APROVA VOTO DE CONGRATULAÇÃO PELA INAUGURAÇÃO DO CENTRO DE SAÚDE
19 Março, 2019

LOURES: PAN APRESENTA MOÇÃO A PEDIR RECONHECIMENTO DO TRABALHO DA ASSOCIAÇÃO CHÃO DOS BICHOS

O Grupo Municipal do PAN deu entrada de uma moção na Assembleia Municipal de Loures para o
ressarcimento económico da Associação“Chão dos Bichos”, que será votada na próxima sessão da Assembleia.
Depois das notícias veiculadas, também pela RÁDIO CRUZEIRO, relativas a um grupo de cães
que foram envenenados e largados em terrenos de Sacavém e Camarate e que deram ao conhecimento
público a situação calamitosa vivida pela “Associação Chão dos Bichos”, o PAN- Pessoas Animais e Natureza quer que, esta associação veja o seu trabalho reconhecido pelo executivo municipal de Loures, não apenas pelo trabalho altruísta que faz, mas também, pelos serviços que facilita ao município.
Considera o PAN que “Durante os últimos sete anos, esta associação tem feito um trabalho que é da competência da Câmara Municipal de Loures. O Município tem um Centro de Recolha Oficial de Animais altamente deficitário. Ainda recentemente, um animal ficou ferido enquanto estava aos cuidados deste serviço e foi a associação a comprar material para fazer o tratamento adequado, visto este serviço municipal não ter meios para o fazer.
O PAN quer melhorar as condições de vida dos animais do concelho de Loures, em especial dos serviços municipais que têm por responsabilidade essa competência” e para tal tem apresentado em sede de Assembleia Municipal diversas iniciativas como a criação de um serviço permanente do Centro de Recolha Oficial de Animais, a melhoria das suas condições e o aumento de verbas para que o serviço possa efetuar o seu trabalho sem ajudas externas.
Na sua Nota, o PAN recorda que já por diversas vezes questionou o executivo municipal sobre este tema
e que”por diversas vezes o executivo fugiu das responsabilidades assumidas.” e considera que “será
dramático, caso a associação feche portas ou abandone o concelho Loures”
Nessa altura quem ficará para fazer o trabalho que deveria ser responsabilidade do executivo?” é a pergunta que faz Bruno Oliveira, deputado municipal do PAN, em Loures.

Os comentários estão fechados.