“JUNTOS PELO CIRCO” QUER LEVAR PETIÇÃO AO PARLAMENTO

EFEMÉRIDES: 10 DE JANEIRO – TRISTÃO DA SILVA MORREU HÁ 31 ANOS
10 Janeiro, 2019
DELEGAÇÃO DO BE VISITOU ESCOLA MÁRIO SÁ CARNEIRO
10 Janeiro, 2019

“JUNTOS PELO CIRCO” QUER LEVAR PETIÇÃO AO PARLAMENTO

Chama-se “Juntos pelo Circo”, reúne dezenas de artistas e ex-artistas circenses em situação precária, e quer levar ao Parlamento uma petição para pedir ao Governo mais apoios para o circo tradicional.

Entre outras medidas que este movimento quer ver aplicadas, contam-se o desenvolvimento de políticas que estimulem o acesso à atividade do circo tradicional e a formação de públicos e profissionais do setor, mas o movimento de artistas unidos quer ainda que o Executivo avance para a criação de uma Escola de Circo Tradicional e crie condições para a melhoria do funcionamento dos serviços internacionais da Segurança Social e da Escola Móvel.

Além disso, o movimento “Juntos pelo Circo” reclama uma ação inspetiva de âmbito nacional ao circo tradicional em itinerância, desencadeada pela Autoridade para as Condições de Trabalho.

A grande maioria dos artistas de circo em Portugal trabalha ao dia, à semana, à quinzena, sem qualquer vínculo contratual, o que faz com que não veja contemplados os respetivos descontos para a Segurança Social“, avança Dirce Noronha Roque, porta-voz do movimento “Juntos pelo Circo”, que acrescenta ainda que “quando chegam à idade da reforma, vivem com pouco mais de 200 euros por mês e muitos têm de pedir ajuda a familiares ou amigos para conseguir sobreviver”.

 

Os comentários estão fechados.