JERÓNIMO DE SOUSA APONTA RESPONSABILIDADES PELOS INCÊNDIOS AO PS, PSD E CDS

MANIFESTANTES EXIGIRAM EM BRUXELAS LIBERDADE PARA OS INDEPENDENTISTAS CATALÃES
25 Março, 2018
CGTP AFASTA FALSOS ENTENDIMENTOS E DEFENDE LEI MAIS FAVORÁVEL PARA OS TRABALHADORES
25 Março, 2018

JERÓNIMO DE SOUSA APONTA RESPONSABILIDADES PELOS INCÊNDIOS AO PS, PSD E CDS

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, apontou responsabilidades PS, PSD e CDS  em relação aos incêndios florestais de 2017.

Para o líder nacional dos comunistas, está cada vez mais claro que a origem dos brutais acidentes de 2017 se encontra em décadas de política de desordenamento florestal, de desmantelamento das estruturas do Ministério da Agricultura que teriam de concretizar a prevenção estrutural, designadamente o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas e das estruturas de combate.

Jerónimo de Sousa também referiu o desinvestimento na floresta, afirmando que os 150 milhões de euros desviados da floresta para outros programas do PRODER, pela anterior ministra da Agricultura Assunção Cristas, são o mais cabal exemplo do desprezo pelo mundo rural, acrescentando que “está também cada vez mais evidente que PS, PSD e CDS partilham culpas igualmente pesadas neste cartório, que só a falta de decoro pode querer fazer esquecer“, num comentário ao relatório apresentado pela Comissão Técnica Independente sobre os incêndios de 15 e 16 de outubro de 2017.

 

Os comentários estão fechados.