FÁTIMA “MESMO COM AS PESSOAS EM CASA É VIVIDO EM ESPÍRITO DE PEREGRINAÇÃO”.

JUROS DA DÍVIDA PORTUGUESA DESCEM A DOIS, A CINCO E DEZ ANOS
13 Maio, 2020
NESTE DIA ACONTECEU…
13 Maio, 2020

FÁTIMA “MESMO COM AS PESSOAS EM CASA É VIVIDO EM ESPÍRITO DE PEREGRINAÇÃO”.

Bispo recorda luta contra a pandemia num Santuário de Fátima “vazio mas não deserto”

Fátima,12 Maio 2020 – O Bispo de Leiria-Fátima, António Marto, declarou na peregrinação internacional de Maio ao Santuário de Fátima, que a luta contra a pandemia é feita num recinto de oração “vazio, mas não deserto”.

A peregrinação internacional de Maio,  realiza-se pela primeira vez na história sem peregrinos no recinto do Santuário, devido à pandemia da covid-19, com a presença de representantes das todas as dioceses portuguesas, de pessoas diretamente ligadas as celebrações e alguns convidados.

“Nesta hora de provação, não podíamos esquecer a representação de quem mais sofreu e continua a sofrer e dos que mais lutaram e lutam pela saúde de todos”, afirmou o cardeal António Marto.

O cardeal lembrou ainda as vitimas da pandemia e os seus familiares, “os doentes, todos os profissionais de saúde, cuidadores, idosos, pobres, famílias que cuidam ou que choram, sacerdotes, trabalhadores da proteção civil, dos transportes, da limpeza, da alimentação e tantos outros que não se pouparam a sacrifícios, como bons samaritanos”.

A procissão de velas decorreu sem o “mar de luz” habitual no Santuário, tendo sido colocadas 700 luminárias no chão do recinto. No entanto, afirmou D. António Marto “o recinto do santuário estará vazio, mas não deserto”, acrescentando  “este momento, mesmo com as pessoas na sua casa, é vivido em espírito de peregrinação”.

As cerimónias terminam na quarta-feira.

Os comentários estão fechados.