EFEMÉRIDES: 3 DE DEZEMBRO – DIA INTERNACIONAL DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

CICLOCROSS: MIGUEL SALGUEIRO ASSUME O COMANDO DA TAÇA DE PORTUGAL
2 Dezembro, 2018
BOMBEIROS MUNICIPAIS EM PROTESTO NO TERREIRO DO PAÇO
3 Dezembro, 2018

EFEMÉRIDES: 3 DE DEZEMBRO – DIA INTERNACIONAL DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

EFEMÉRIDES

3 de dezembro

Dia Internacional das Pessoas com Deficiência.

1868 — Em Portugal, foi criada a Junta Consultiva da Saúde Pública.

1956 – Começou um novo período de emissões experimentais da RTP, a partir dos Estúdios do Lumiar, em Lisboa.

1963 – Foi estabelecido o Fundo Especial dos Transportes Terrestres para as obras na ponte sobre o Tejo que permitam assegurar uma futura ligação ferroviária.

1967 – A equipa do cirurgião sul-africano Christian Barnard efetuou o primeiro transplante de um coração humano. O paciente sobreviveu 18 dias.

1972 – Portugal renovou o acordo da Base das Lajes, nos Açores, com os EUA.

1990 – 30 Mil agricultores europeus cercaram o edifício da CEE em Bruxelas no primeiro dia das negociações Acordo Geral de Tarifas e Comércio.

1991 – Começou a construção da fábrica AutoEuropa, em Palmela, um investimento inicialmente calculado em 2,250 mil milhões de euros.

1992 – O serviço de imunologia do Hospital de Santo António do Porto recebeu o prémio Biotest, pela definição do método que permite prever a progressão do vírus da sida.

1995 – O poeta Luís Filipe Castro Mendes recebeu o prémio D. Dinis da Fundação Casa de Mateus.

– Morreu o fadista Manuel de Almeida, com 73 anos.

1996 – Terminou em Lisboa a cimeira da OSCE, com a adopção dos princípios para a revisão do tratado de limitação de armas convencionais na Europa.

1997 – A Academia Militar forma a primeira mulher, uma oficial, na altura com 24 anos.

1998 – A Unesco declarou as gravuras de Foz Côa Património Mundial.

2003 – Morreu Raul Junqueiro, com 55 anos. Foi presidente da APDC, ex-dirigente socialista, secretário de Estado das Comunicações em 1983-85.

2005 – Jorge Marmelo recebeu o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco 2004.

– A atriz e manequim Ana Cristina Oliveira venceu o prémio de Melhor Actriz no Festival de Bedford, França, pelo filme “Odete”, de João Pedro Rodrigues.

– A fadista Maria Amélia Proença recebeu o Prémio de Carreira da Casa da Imprensa.

2007 – Portugal conquistou em Banquecoque as primeiras quatro medalhas de ouro em campeonatos do Mundo de Muay-thai, com Fernando Machado (-54 kg Classe B) a arrecadar o primeiro galardão dourado em seniores. Os juniores Diogo Calado (-75), Vera Fernandes (-51) e Catarina Valério (-57) também subiram ao primeiro lugar do pódio

2009 – Pelo menos 14 paraquedistas da Escola de Tancos ficaram feridos, alguns com gravidade, quando uma viatura ligeira atingiu uma coluna militar na estrada para Constância, Santarém. O acidente ocorreu cerca das 07:30, quando 52 militares saíram num exercício de marcha e uma viatura comercial ligeira perdeu o controlo e “apanhou 14 paraquedistas”.

– Morreu João Marques de Almeida, jornalista, fundador do Correio da Manhã. Contava 70 anos.

2014 – O Governo, destituiu a Administração da RTP, dando seguimento à proposta do Conselho Geral Independente. A decisão do ministro Miguel Poiares Maduro colocou um ponto final no braço de ferro entre a equipa liderada por Alberto da Ponte e o Conselho Geral Independente.

2015 – O Ministério da Administração Interna ordenou à Proteção Civil a abertura de um inquérito pela demora na assistência a uma vítima mortal do um acidente na A12, na zona de Pinhal Novo. A vítima, com 55 anos de idade, só foi encontrada duas horas depois de as forças de segurança e equipas médicas terem chegado ao local, tendo acabado por falecer. Estava encarcerada no interior do seu automóvel e só foi detetada quando as autoridades estavam já a remover os carros acidentados.

2016 – A secretária de Estado da Inclusão, Ana Sofia Antunes, anunciou quotas de emprego no setor privado para as pessoas com deficiência exigindo o cumprimento destas no setor público, para combater o problema que mais afeta esta população.

2017 – Donald Trump considerou a “Declaração de Nova Iorque”, que procurava uma gestão internacional da questão dos refugiados e migrantes, “incompatível” com a sua política e retirou o seu país do pacto da ONU para os refugiados e migrantes.

===================.

Este é o tricentésimo trigésimo sétimo dia do ano. Faltam 28 dias para o termo de 2018.

Pensamento do dia: “Foi perdido o sentido da densidade e interdependência da vida humana… O humanismo é a última resistência de que dispomos”. Edward W.Said (1935-2003), escritor, ensaísta, professor norte-americano de origem palestiniana.

Os comentários estão fechados.