EFEMÉRIDES: 27 DE JULHO – SALAZAR MORREU HÁ 49 ANOS

EFEMÉRIDES: 26 DE JULHO – DIA NACIONAL DO AVÓS
26 Julho, 2019
EFEMÉRIDES: 28 DE JULHO – DIA NACIONAL DA CONSERVAÇÃO DA NATUREZA
28 Julho, 2019

EFEMÉRIDES: 27 DE JULHO – SALAZAR MORREU HÁ 49 ANOS

EFEMÉRIDES

27 de julho

1866 – Nasceu António José de Almeida, político republicano. Foi o sexto presidente da República, entre 1919 e 1923. Fundou e dirigiu o jornal República.

– Terminou a instalação do cabo submarino Atlantic, o primeiro cabo telegráfico entre a Europa e os EUA, que passou a permitir o estabelecimento de comunicações entre o continente europeu e a América do Norte.

1882 – Nasceu o engenheiro britânico Geoffrey De Havilland, pioneiro da aviação, criador do Havilland Comet, o primeiro avião a jacto de uso regular, e do “Mosquito”, avião de combate da RAF, o mais versátil durante a  II Guerra Mundial.

1940 – Estreou-se o Bugs Bunny, Pernalonga, no desenho animado “A Wild Hare”, da Warner Brothers, curta-metragem foi dirigida por Tex Avery.

1970 – Morreu António de Oliveira Salazar, aos 81 anos, antigo ministro das Finanças, presidente do Governo da ditadura do Estado Novo durante 35 anos.

1974 – Foi publicada a Lei 7/74 que reconheceu o direito à independência dos territórios sob domínio português, iniciando-se assim, o processo de descolonização.

1981 – Terminou o julgamento do caso Humberto Delgado, com a condenação a 22 anos de prisão do antigo agente da PIDE Casimiro Monteiro, autor do assassínio do General sem Medo, a 13 de fevereiro de 1965. Rosa Casaco, o chefe da brigada que assassinou Humberto Delgado haveria, anos mais tarde de ser condecorado por Cavaco Silva.

1983 – Um comando arménio, composto por cinco guerrilheiros, atacou a embaixada da Turquia em Lisboa, acabando os terroristas por morrer no assalto.

1984 – Ricardo Roque, presidente da AAC, Associação Académica de Coimbra e Jorge Anjinho, presidente do CAC, Clube Académico de Coimbra, assinam o protocolo que consagra a extinção do Clube Académico de Coimbra e a sua reintegração na casa mãe, agora com o estatuto de organismo autónomo. Nascia assim a Associação Académica de Coimbra / Organismo Autónomo de Futebol.

1990 — A fábrica da Citroen, em Mangualde, produziu o último 2CV.

1991 – Portugal recuperou o título de campeão mundial de hóquei em patins, com a vitória sobre a Holanda.

1993 – Morreu o escritor, dramaturgo e publicista  Luís de Sttau Monteiro, aos 67 anos, autor de “Angústia para o Jantar” e “Felizmente Há Luar”.

1995 — O arquivo de António de Oliveira Salazar foi aberto à consulta pública, na Torre do Tombo.

1996 – Rebentou uma bomba em Atlanta, durante os Jogos Olímpicos, causando a morte de uma pessoa e ferimentos em mais de cem.

2004 – Morreu Fernando Luso Soares, advogado e escritor, aos 80 anos.

2005 – Morreu José Pedro Machado, aos 90 anos, investigador, fundador e primeiro presidente da Sociedade de Língua Portuguesa, autor do “Grande Dicionário da Língua Portuguesa”.

2006 – Foi apresentado o Projeto Porta 65 de habitação social.

– Morreu Carlos Roque, aos 70 anos, autor de banda desenhada e designer gráfico, membro das edições portuguesas das revistas Tintin e Spirou.

2008 — Morreu o antigo dirigente da CGTP-IN e deputado do PCP Álvaro Rana, em Lisboa vítima de doença prolongada.

2010 – João Vieira conquistou, em Barcelona, a medalha de bronze dos Europeus de atletismo ao ar livre nos 20 quilómetros marcha.

2012 – O sul-coreano Im Dong Hyun estabeleceu o primeiro recorde do mundo dos Jogos Olímpicos Londres2012, ao fazer 699 pontos com 72 setas, na prova individual masculina de tiro com arco.

2016 – O Torino conquistou a Eusébio Cup, ao vencer o Benfica por 6-5 ma marcação de grandes penalidades.

2018 – O Presidente de França, Emmanuel Macron, esteve em Lisboa, para um encontro oficial com o primeiro-ministro António Costa, onde reforçou a sua posição pró-Europa, numa altura em que enfrentava a maior crise política interna, desde a sua chegada ao Eliseu.

=============.

Este é o ducentésimo oitavo dia do ano. Faltam 157 dias para o termo de 2019.

Pensamento do dia: “O salazarismo foi uma doença que pôs de rastos o povo português”. José Gil (1945), filósofo e ensaísta português.

Oliveira Salazar

Os comentários estão fechados.