EFEMÉRIDES: 13 DE JULHO – BANA, “O REI DA MORNA”, MORREU HÁ 6 ANOS

EUROMILHÕES: RESULTADO DO SORTEIO DESTA NOITE
12 Julho, 2019
ODIVELAS FAZ HOJE 29 ANOS COMO CIDADE
13 Julho, 2019

EFEMÉRIDES: 13 DE JULHO – BANA, “O REI DA MORNA”, MORREU HÁ 6 ANOS

EFEMÉRIDES

13 de julho

1491 — Morreu, aos 16 anos, o infante D. Afonso, único filho e herdeiro de D. João II e de D. Leonor, reis de Portugal.

1647 — Foi criada a Aula de Fortificação e Arquitetura Militar, na Ribeira das Naus, em Lisboa.

1911 – Entrou em funcionamento a Universidade de Lisboa, que foi instalada transitoriamente na Sociedade de Geografia.

1930 – Começou o primeiro Campeonato do Mundo de Futebol, no Uruguai.

1936 – Foi morto, em Madrid, o deputado José Calvo Sotelo. O facto acelerou o início da Guerra Civil de Espanha, com Francisco Franco a reúnir tropas em Ceuta.

1954 — Morreu, aos 47 anos, a artista plástica mexicana Frida Kahlo.

1958 – O Bispo do Porto, D. António Ferreira Gomes, escreveu a Oliveira Salazar, criticando a política corporativista do regime, que considerava “espoliar os operários do direito natural de associação”. Acabou exilado e proibido de entrar em Portugal durante 10 anos e depois mantido sob vigilância da PIDE até 25 de Abril de 1974.

1966 – Ao primeiro minuto da primeira participação portuguesa num Mundial de futebol José Augusto fez o 1 a 0 frente à Hungria.

1973 – Foi publicado o Decreto 353/73 que previa a integração de milicianos no Quadro Permanente das Forças Armadas e precipitou a criação do MFA.

1975 – Ocorreu um assalto à sede do PCP em Rio Maior, dando inicio a uma série de ações violentas contra as sedes de partidos e organizações políticas de esquerda que ficou conhecida por “Verão Quente”.

1979 – A Comissão Internacional para a Pesca da Baleia aprovou a salvaguarda do Oceano Índico por um período de dez anos.

1985 – Realizou-se o Live Aid,  O concerto rock de 16 horas, repartidas pelos palcos de Londres e Nova Iorque, angaroiou de fundos contra a fome em África.

1986 – Á época presidente da República Portuguesa, Mário Soares, pediu a comutação da pena de morte a 12 personalidades da Guiné-Bissau.

2001 — O Comité Olímpico Internacional atribuiu a Pequim os Jogos de 2008.

2003 — Morreu Henrique Barrilaro Ruas, aos 81 anos, professor, ensaísta, deputado entre 1979 a 1983, cofundador do Partido Popular Monárquico.

2004 – Filipa Pais ganhou o prémio José Afonso pelo disco “À Porta do Mundo”.

2006 – Morreu Vítor Correia, 64 anos, antigo árbitro internacional.

2007- Morreu o ex-presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Justino do Fundo, aos 74 anos, vítima de paragem cardíaca. O antigo autarca penafidelense esteve onze anos na presidência da Câmara, entre 1983 e 1994, tendo sido eleito sempre em lista do Partido Socialista.

2008 – Os 43 Estados-membros da União para o Mediterrâneo, que se reúniram em Paris para formalizar o organismo, comprometeram-se a construir “um caminho para a paz, democracia, prosperidade e compreensão humana, social e cultural”.

– A seleção portuguesa de râguebi sagrou-se campeã europeia de sevens, ao vencer a equipa de Gales por 26-12, em jogo disputado em Hanover, na Alemanha.

2010 – A Assembleia Nacional francesa aprovou, por larga maioria, o projeto de lei que passou a proíbir o uso do véu islâmico integral em espaços públicos.

2012 — Fernando Silveira Ramos, ativista contra o antigo regime, ex-dirigente do MDP/CDE e um dos fundadores do Bloco de Esquerda, morreu aos 71 anos.

2013 – Morreu Bana, cantor cabo-verdiano conhecido como o “Rei da Morna”, aos 81 anos, no Hospital Beatriz Ângelo, em  Loures, em Portugal, vítima de doença prolongada.

2014 — Portugal conseguiu o seu melhor desempenho de sempre em europeus de canoagem de pista, com seis medalhas, uma de ouro e cinco de bronze.

2017 – Morreu, aos 82 anos, Américo Amorim, empresário em vários ramos, com destaque para a indústria corticeira. Era, a altura da sua morte o homem mais rico de Portugal.

2018 – Os resultados das provas finais do 9.º ano mostraram que a Português a média subiu para 66%, mas a Matemática era o calcanhar de Aquiles dos alunos, tendo descido para uma média negativa de 47%.

==============.

Este é o centésimo nonagésimo quarto dia do ano. Faltam 171 dias para o termo de 2019.

Pensamento do dia: “Entre a dor e o nada, escolho a dor”. William Faulkner (1897-1962), escritor norte-americano.

Bana, “O Rei da Morna”

Os comentários estão fechados.