EFEMÉRIDES: 12 DE SETEMBRO – HÁ UM ANO, UM MILHÃO NAS RUAS, PELA INDEPENDÊNCIA DA CATALUNHA.

FUTEBOL: TAÇA DE PORTUGAL – SORTEIO DA 2ª ELIMINATÓRIA
11 Setembro, 2018
ANIVERSÁRIO DA FREGUESIA DE CANEÇAS: ARMINDO FERNANDES REAFIRMOU A NECESSIDADE DE VOLTAR A HAVER UMA FREGUESIA PRÓPRIA EM CANEÇAS
12 Setembro, 2018

EFEMÉRIDES: 12 DE SETEMBRO – HÁ UM ANO, UM MILHÃO NAS RUAS, PELA INDEPENDÊNCIA DA CATALUNHA.

EFEMÉRIDES

12 de setembro

Dia Europeu da Enxaqueca e Dia Europeu da Saúde Oral

1297 – Foi assinado o Tratado de Alcanizes, entre D.Dinis e Fernando IV de Leão e Castela, que passou a fixar os limites geográficos de Portugal. Este tratado  fazia parte de uma estratégia defensiva do Rei D.Dinis. Por troca de Aroche e Aracena, passaram para a posse definitiva de Portugal, Campo Maior, Olivença, Ouguela e São Félix dos Galegos e em troca dos direitos portugueses em Ayamonte e Valença de Alcântara foi reconhecida a passe portuguesa das terras de riba-Côa, que incluíam as povoações e os castelos de Almeida, Alfaiates, Castelo Bom, Castelo Melhor, Monforte e Sabugal.

1383 – Foi criado o Corpo de Quadrilheiros, na dependência dos municípios, a primeira organização policial em Portugal.

1871 – Morreu, aos 31 anos,  o escritor Júlio Diniz, pseudónimo de Joaquim Guilherme Gomes Coelho, autor de “A Morgadinha dos Canaviais”, “As Pupilas do Senhor Reitor”, “Uma Família Inglesa” e “Os Fidalgos da Casa Mourisca”. Nasceu no Porto, onde frequentou a escola primária em Miragaia e depois de concluir o liceu passou pela Escola Politécnica e de seguida transitou para a Escola Médico-Cirurgica do Porto, onde se formou em Medicina. Com a saúde a agravar-se interrompeu a profissão e dedicou-se à literatura. Acabou por ser o mais suave e terno romancista português, cronista de afetos puros e paixões simples e é considerado como a transição entre o romantismo e o realismo. Além do pseudónimo de Julio Dinis, o autor usou também o de Diana de Aveleda, com que assinou pequenas narrativas. Encontra-se sepultado num jazigo de família no cemitério privado da Ordem Terceira de São Francisco, em Agramonte.

1911 – Foi publicado o decreto da reforma ortográfica.

1940 – Foram descobertas as pinturas rupestres das grutas francesas de Lascaux.

1990 – Os antigos aliados da II Guerra Mundial, Reino Unido, EUA e URSS, cederam os direitos de ocupação da Alemanha. A RFA e a RDA assinaram o Tratado de Reunificação, a concretizar um mês depois, que restaurou a soberania do território alemão.

1991 – Foi constituída a Fundação Mário Soares.

1994 – A atriz Maria de Medeiros recebeu o Leão de Ouro, do Festival de Veneza, pela interpretação em “Três Irmãos”, de Teresa Vilaverde.

2001 – O Artigo V da NATO, que  refere que ataque contra um dos Estados é um ataque a qualquer país da NATO foi invocado pela primeira vez, em resposta aos ataques de 11 de Setembro.

– A investigadora Maria do Carmo Fonseca foi distinguida com o XII Prémio DuPont da Ciência, pelo trabalho na área da genética molecular.

2003 – Morreu José Luís Nunes, aos 62 anos. Foi deputado e fundador do PS.

2004 – A Joana, uma criança de 8 anos, desapareceu na Figueira, no concelho de Portimão. Nunca chegaria a ser encontrada.

2005- Morreu Olga Quintanilha, com 63 anos. Foi arquiteta, impulsionadora e primeira bastonária da Ordem dos Arquitectos.

– Morreu João Carlos Garcia, aos 44 anos. Foi repórter da RDP Antena 1 e secretário da Mesa da Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Ciclismo.

2008 – Portugal conquistou a medalha de prata no torneio de boccia por equipas BC1/BC2 dos Jogos Paralímpicos Pequim2008, com os atletas lusos a perderem com a Grã-Bretanha no jogo decisivo por 8-4.

2012 – O primeiro ministro Pedro Passos Coelho fez uma comunicação ao país em que anunciou a descida da Taxa Social Única paga pelas empresas de 23.75% para 18%, que seria suportada pelo aumento das contribuições dos trabalhadores para a Segurança Social, de 11% para 18%.

2013 – O Governo aprovou uma proposta de lei, que estabeleceu a convergência de pensões entre o setor público e o setor privado e reduziu em 10% as pensões cujo valor era superior a 600 euros.

2016 – A seleção nacional de boccia conquistou a medalha de bronze nos Jogos Paralimpicos do Rio de Janeiro.

2017 – O “Diada”, dia nacional da Catalunha, contou com uma das maiores participações populares dos últimos anos. Reuniu um milhão de pessoas que saíram à rua pela independência da Catalunha.

=============.

Este é o ducentésimo quinquagésimo quinto dia do ano. Faltam 110 dias para o termo de 2018.

Pensamento do dia: “Onde é mais intensa a luz, maiores são as sombras”. Johann W. Goethe (1749-1832), escritor, cientista e poeta alemão.

Os comentários estão fechados.