EFEMÉRIDES: 12 DE AGOSTO – DIA INTERNACIONAL DA JUVENTUDE

EFEMÉRIDES: 11 DE AGOSTO – O ATOR RAUL DE CARVALHO MORREU HÁ 35 ANOS
11 Agosto, 2019
EFEMÉRIDES: 13 DE AGOSTO – DIA MUNDIAL DO CANHOTO
13 Agosto, 2019

EFEMÉRIDES: 12 DE AGOSTO – DIA INTERNACIONAL DA JUVENTUDE

EFEMÉRIDES

12 de agosto

Dia Internacional da Juventude

É feriado municipal em Gouveia, Oleiros e Oliveira de Azeméis, um feriado móvel que se cumpre na 2ª feira após o 2º domingo de agosto.

1816 – João VI de Portugal criou a Escola de Belas-Artes.

1907 – Nasceu o escritor português Miguel Torga, pseudónimo do médico Adolfo Rocha, autor de “Contos da Montanha” e “A Criação do Mundo”.

1927 – Ocorreu o golpe dos “Fifis”, contra o Governo da Ditadura Nacional, chefiado por Filomeno da Câmara.

1963 – Oliveira Salazar reafirmou publicamente a determinação de manter “o bastião em África”, duas semanas depois da condenação do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

1975 – Foi apresentado o “Documento do COPCON”, por oposição ao “Documento dos Nove”, que reforçava o papel político das Assembleias Populares.

1978 – A China e o Japão assinam, em Pequim, o tratado de paz e de amizade.1981 – A IBM lança o primeiro computador pessoal.

1982 – Foi aprovada uma revisão constitucional que instituiu no texto legislativo a qualificação da República Portuguesa como um Estado de Direito, que estava apenas consagrado no Preâmbulo. A revisão foi aprovada com 195 votos a favor dos deputados do PSD, CDS, PS, PPM e da Ação Social-Democrata Independente, da União de Esquerda para a Democracia Socialista.

1984 – O atleta português Carlos Lopes, 37 anos, conquistou a Medalha de Ouro na Maratona olímpica de Los Angeles, EUA.

1993 — O Partido da Terra foi legalizado pelo Tribunal Constitucional.

2000 — Afundou-se o submarino nuclear russo Kursk, que estava em exercício no Mar de Barents. Morreu toda a tripulação constituída por  117 homens.

2001 – Luís Miguel Militão Guerreiro ordenou o assassínio de seis empresários portugueses.

2002 – Morreu, com 73 anos, Helena Vaz da Silva, jornalista, presidente do Centro Nacional de Cultura.

2004 – Morreu, com 52 anos, John Clark, cientista britânico, diretor do Roslin Institute de Edimburgo, instituição que desenvolveu o projeto de clonagem da ovelha Dolly.

2006 – “Body Rice”, a primeira longa-metragem de Hugo Vieira da Silva, foi distinguida com a menção especial do júri do Festival de Locarno.

2010 – Entrou em vigor a lei que obriga o pão português a conter menos sal.

– Morreu, com 69 anos, Ruy Duarte de Carvalho, escritor, poeta, cineasta, artista plástico, ensaísta e antropólogo. Nasceu em Portugal, naturalizou-se angolano em 1975 e morreu na Namíbia.

2011 – O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, anunciou a antecipação do aumento do IVA sobre a eletricidade e o gás natural de 6 para 23 por cento, uma das medidas para “conter o desvio” nas contas públicas.

2017 – A carreira de Usain Bolt terminou com o atleta jamaicano a lesionar-se na sua última corrida, a final dos 4×100 metros dos Mundiais de atletismo de Londres, que a Jamaica não concluiu.

2018 – Nelson Évora sagrou-se campeão europeu do triplo salto, conquistando o ouro nos campeonatos disputados em Berlim, com a marca de 17,10 metros na final.

 

Este é o ducentésimo vigésimo quarto dia do ano. Faltam 141 dias para o termo de 2019.

Pensamento do dia: “Os governos suspeitam da literatura porque é uma força que lhes escapa”. Émile Zola (1840-1902), escritor francês.

Os comentários estão fechados.