EFEMÉRIDES: 11 DE OUTUBRO – DATA DA MORTE DE EDITH PIAF.

DOS 8 AOS 80 EMISSÃO Nn. 28 12.10.2017
11 Outubro, 2017
JUDO: TORNEIO ARTUR MATA, ESTE DOMINGO NA RAMADA
11 Outubro, 2017

EFEMÉRIDES: 11 DE OUTUBRO – DATA DA MORTE DE EDITH PIAF.

EFEMÉRIDES

11 de outubro

Dia Internacional da Rapariga e Dia Mundial dos Cuidados Paleativos.

Feriado Municipal em São João da Madeira

1879 – Sai o primeiro número do jornal “A Voz do Operário”. Segundo o historiador Armando de Castro terá sido a recusa da publicação de uma notícia sobre as condições de vida dos operários tabaqueiros que terá estado na origem da intenção de Custódio Gomes, um operário dos tabacos, em fundar o jornal.

1896 – Foi fundado o Diário de Notícias do Funchal.

1933 – Os países latino-americanos assinaram, na cidade do Rio de Janeiro, o pacto de não-agressão.

1963 – Morreu a cantora francesa Edith Piaf. Foi uma cantora francesa de música de salão e variedades, mas foi reconhecida internacionalmente pelo seu talento no estilo francês da chanson. O seu canto expressava claramente sua trágica história de vida. Entre seus maiores sucessos estão “La vie en rose” (1946), “Hymne à l’amour” (1949), “Milord” (1959), “Non, je ne regrette rien” (1960). Participou de peças teatrais e filmes. Édith Piaf está sepultada na mais célebre necrópole parisiense, o cemitério do Père-Lachaise. Seu funeral foi acompanhado por uma multidão poucas vezes vista na capital francesa. Hoje, o seu túmulo é um dos mais visitados por turistas do mundo inteiro.Segundo uma pesquisa da BBC: Le Plus Grand Français ,Édith Piaf foi considerada a 10ª maior francesa de todos os tempos.

1968 – Foi lançada a nave espacial Apollo 7, o primeiro voo tripulado que fez a órbita da lua.

1970 – Realizou-se, em Lisboa, a primeira reunião da CGTP-Intersindical com a presença de 13 sindicatos.

1983 – Portugal anunciou a abertura de uma linha de crédito a favor de Moçambique, no valor de 85 milhões de dólares.

1991 – As artes ficaram de luto, Morreram o escritor Marmelo e Silva, o bailarino e coreógrafo Fernando Trincheira e a atriz Fernanda Coimbra.

1995 – Mota Amaral anunciou o abandono da presidência do Governo Regional dos Açores e da liderança do PSD local.

1996 – O Prémio Nobel da Paz foi atribuído a José Ramos Horta, dirigente do Conselho Nacional da resistência Maubere, e a Ximenes Belo, bispo de Díli.

2000 – O Tribunal Cível de Lisboa condena o Estado português ao pagamento de uma indemnização de 120 mil contos à família das vítimas, do caso Aquaparque

2001 – Foi anunciado o primeiro transplante de coração artificial em Portugal, no Hospital de Santa Marta, em Lisboa.

2004 – A curta-metragem “Timor Loro Sae”, de Vítor Lopes, venceu o prémio para melhor filme de animação do Festival de Cinema e Vídeo de Thessalonica, na Grécia.

2006 – O antigo vice-presidente norte-americano Al Gore foi distinguido com o Prémio Quill Book pelo livro ambientalista “Uma Verdade Inconveniente”, na categoria de melhor livro histórico-político.

2008 – Morreu Saúl de Sousa, à altura da sua morte, o único sacerdote católico português casado e em funções. Tinha 86 anos.

– Morreu Stephen Gately, membro da banda irlandesa Boyzone, aos 33 anos.

2011 – O Prémio Nobel de Economia é concedido a Peter Diamond, Dale Mortensen e Christopher Pissarides, pela sua contribuição para o entendimento da persistência do desemprego nas economias desenvolvidas.

2013 – Ruben Alves, realizador francês de origem portuguesa e autor do filme “A Gaiola Dourada”, recebeu o troféu Luso Cidadão.

2014 – Fernando Santos estreou-se no comando da seleção nacional de futebol com uma derrota por 2-1 frente à França.

2015 – Morreu o pintor António Costa Pinheiro, viítima de pneumonia. São da sua autoria os painéis de azulejos da estação da Alameda do Metropolitano de Lisboa e que aludem à temática de “Os Descobridores”. Alentejano de Moura, recebeu entre outros prémios, o Grande Prémio Amadeo de Souza Cardoso.

2016 – Um chefe da máfia italiana foi capturado pela Policia Judiciária, em Portimão.

===============.

Este é o ducentésimo octogésimo quarto dia do ano. Faltam 81 dias para o termo de 2017.

Pensamento do dia: ” O homem é um ser que se criou ao fundar uma linguagem. O homem é uma metáfora de si mesmo”. Octavio Paz (1914-98), poeta, diplomata e ensaísta mexicano, Nobel da Literatura.

Os comentários estão fechados.