EFEMÉRIDES: 11 DE ABRIL – O ATOR ARMANDO CORTEZ MORREU HÁ 17 ANOS

ODIVELAS: GRUPO DE CIDADÃOS QUER INSTALAÇÃO DE UM LAR NO MOSTEIRO
10 Abril, 2019
MÚSICA EM SI MAIOR, EM SANTO ANTÃO DO TOJAL
11 Abril, 2019

EFEMÉRIDES: 11 DE ABRIL – O ATOR ARMANDO CORTEZ MORREU HÁ 17 ANOS

EFEMÉRIDES

11 de abril

Dia Mundial da Doença de Parkinson

Feriado Municipal em Lagoa, na Ilha de São Miguel, nos Açores.

1357 – Nasceu D. João, futuro mestre de Avis. Haveria de ser aclamado  rei de Portugal nas Cortes de 1385.

1524 – Realizou-se a Conferência de Badajoz, que resolveu a chamada questão das Molucas, entre representantes de João III de Portugal e de Carlos V.

1607 — Morreu Bento de Góis. Foi missionário e o primeiro explorador português do caminho terrestre da Índia para a China.

1824 – Morreu o filólogo António de Morais Silva.

1908 – O Teatro de São João, no Porto, foi destruído por um incêndio.

1910 – Nasceu António de Spínola. Foi desportista hípico premiado na década de 1950, governador da Guiné, depois da atividade militar na guerra colonial de Angola entre1961 e 1963. Foi, também, Vice-chefe do Estado-maior General das Forças Armadas, entre 1973 e 1974. Escreveu o livro  “Portugal e o Futuro” e após o golpe militar de 25 de abril de 1974, assumiu a presidência da Junta de Salvação Nacional, por vontade do Movimento dos Capitães, e, por inerência, a Presidência da República, até 28 de setembro de 1974. Envolveu-se na conjura militar de 11 de março de 1975, após o que deixou o país e em dezembro de 1981 foi nomeado chanceler das Antigas Ordens Militares. Morreu em 1996.

1919 – Foi criada a Organização Internacional do Trabalho, OIT.

1928 – É publicado o diploma que passou a estabelecer sanções para a violação do regime das touradas em Portugal.

1933 – Entrou em vigor a Constituição do Estado Novo da ditadura, que subordinava  os direitos dos cidadãos aos interesses da ditadura.

1975 – Foi assinado o acordo MFA – Partidos.

1991 – Morreu a pintora Menez, De seu nome completo, Maria Inês Ribeiro da Fonseca, tinha 69 anos à data da sua morte e foi uma das mais importantes expressões da arte portuguesa no século XX.

1996 – Foi aprovado o regime do rendimento mínimo garantido.

2002 — Morreu o ator e encenador Armando Cortez, aos 74 anos. Começou a sua carreira em 1946 e foi agraciado pelo Presidente Jorge Sampaio com o grau de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique. Dirigiu a Casa do Artista, que fundou com Raúl Solnado e onde o teatro tem o seu nome.

2004 – Morreu o editor Francisco Lyon de Castro, aos 90 anos. Foi o fundador das Publicações Europa-América, resistente anti-fascista e opositor da ditadura do Estado Novo.

2006 – Portugal propôs à FIFA um programa conjunto de promoção e desenvolvimento do futebol com os países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

2007 – Naide Gomes, que tinha revalidado o título europeu do salto em comprimento em pista coberta, foi eleita a melhor atleta do mês de março pela Associação Europeia de Atletismo.

– O escritor Rui Costa venceu o Prémio Albufeira de Literatura 2007, com o romance “A Resistência dos Materiais”.

2008 – Pedro Dias conquistou a medalha de bronze na categoria -66 e Ana Hormigo ganhou a medalha de bronze na categoria de -48 kg nos campeonatos da Europa de judo, em Lisboa, e garantiu qualificação para os Jogos Olímpicos Pequim2008.

2010 – Morreu o ex-provedor de Justiça, Nascimento Rodrigues, vítima de complicações cardíacas derivadas de enfisema pulmonar. Contava 69 anos.

2015 -Barack Obama e Raul Castro protagonizaram um encontro histórico na abertura da Cimeira das Américas, no Panamá. O aperto de mão entre os lideres dos EUA e de Cuba foi breve, mas encerrou uma “Guerra Fria” de mais de 50 anos.

2017 – Um estudo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento indicava que, os impostos e as contribuições para a Segurança Social levaram, em média, 41,5% dos salários dos portugueses em 2016, tendo em conta trabalhadores com salário médio e sem filhos. Mesmo assim abaixo de 2015, ano em que chegou aos 42,1%.

2018 – Cientistas revelaram o resultado da autópsia efetuada ao cachalote que fora encontrado morto em fevereiro, numa praia na costa de Múrcia e revelaram que o animal tinha 29 quilos de plástico no estômago.Agora, os cientistas desvendaram o motivo: 29 quilos de plástico no estômago.

===========

Este é o centésimo primeiro dia do ano. Faltam 264 dias para o termo de 2019.

Pensamento do dia: “É preciso tentar ser feliz, nem que seja apenas para dar o exemplo”. Jacques Prevért (1900-77), poeta francês.

                                                                             Armando Cortez

 

Os comentários estão fechados.