CDS/ODIVELAS QUER MAIS POLICIAMENTO NAS RUAS

LOURES: CÂMARA E COMUNIDADE VIDA E PAZ ASSINAM PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO
22 Janeiro, 2019
OPINIÃO/CRUZEIRO: O MOSTEIRO NA DESPORTIVA…..
22 Janeiro, 2019

CDS/ODIVELAS QUER MAIS POLICIAMENTO NAS RUAS

Em Nota de Imprensa distribuída às redações a Comissão Politica Concelhia do CDS condena os atos de vandalismo da noite passada no Bairro da Codivel e no Casal da Paradela, que resultaram na destruição de caixotes do lixo e automóveis estacionados na via pública.
Os centristas recordam que ” Nos últimos meses verificaram-se dezenas de ocorrências relativas a furtos automóveis, jantes, pneumáticos e das próprias viaturas, nos Bairros Urbanização Jardim da Amoreira e Urbanização Jardim da Radial, na freguesia da Ramada, tendo o CDS Odivelas alertado já o Sr. Presidente da União de Freguesias de Ramada e de Caneças para a necessidade de diligenciar junto do Comando Metropolitano da PSP no sentido de intensificar a vigilância e o patrulhamento de proximidade nas referidas áreas, onde diariamente os fregueses ramadenses vêm as suas viaturas ser furtadas e ficar suspensas em tijolos.”e constatam ser “por demais evidente a falta de meios humanos e de meios móveis da Esquadra da PSP de Odivelas e da Esquadra de Trânsito da PSP da Póvoa de Santo Adrião, situação essa que impossibilita as autoridades policiais de cumpram as tarefas de fiscalização e manutenção da ordem pública que lhe estão confiadas no Concelho de Odivelas“.
Na Nota de Imprensa do CDS/Odivelas pode ler-se também que é missão institucional da Câmara Municipal de Odivelas, “zelar pela segurança dos municípes pelo que deverá diligenciar junto do Sr. Ministro da Administração Interna no sentido de exigir o reforço do contigente policial e o fornecimento de viaturas novas para as Esquadras da PSP de Odivelas e de Trânsito na PSP da Póvoa de Santo Adrião, uma vez que como é do conhecimento público muitas delas se encontram em estado obsoleto.”
O CDS/Odivelas termina a sua Nota exigindo ao Executivo Municipal, em particular ao Vereador da Protecção Civil, João Paulo Cruz António, que tome as providências necessárias e adequadas no sentido de prevenir idênticas situações no futuro.

 

Os comentários estão fechados.