PORTUGAL ULTRAPASSA OS 300 MIL CASOS DE COVID-19
2 Dezembro, 2020

HUMOR NA PANDEMIA…

 

 

HUMOR

CAIU NA REDE COM HUMOR …

Por Paulo António Monteiro 

Recorrendo à Wikipédia, obtemos rapidamente uma definição interessante do humor, Lato sensu, humor (do latim humore, “líquido”) é o estado de espírito de um indivíduo. Stricto sensu, é um determinado estado de ânimo cuja intensidade representa o grau de disposição e de bem-estar psicológico e emocional de um indivíduo.

«O humor, é realmente uma das chaves para a compreensão de culturas, religiões e costumes das sociedades. Através dos tempos, a maneira humana de sorrir modifica-se, acompanhando os costumes e correntes de pensamento. Em cada época da história humana, a forma de pensar cria e derruba paradigmas, e o humor acompanha essa tendência sociocultural. Expressões culturais do humor podem representar retratos fiéis de uma época, como é o caso, por exemplo, das comédias de Plauto ou dos Autos de Gil Vicente.

Para a psicologia e a neurociência afetiva, o humor é um estado afetivo, assim como as emoções. As emoções ou reações agudas, como a raiva, a tristeza, o medo e a alegria, enquanto a ansiedade, a depressão, a irritação ou “mal humor” e a felicidade poderiam ser classificados como humores.

Há três grandes tendências de pensamento nos estudos do humor, representadas por três linhas teóricas principais a da superioridade, da incongruidade e do alívio.

Na atual situação pandémica que estamos a viver é esta última, a do alivio, que  nos desperta mais interesse .

Principalmente a partir do século XIX, desenvolveram-se teorias sobre o humor como forma de remoção de uma tensão e como forma de evitar o tédio e a melancolia.

Para Sigmund Freud a tensão é resultado da ação da “censura”, nome que deu às proibições internas que impedem o indivíduo de dar forma aos seus impulsos naturais. Segundo Freud, o humor seria uma forma de enganar a censura e, portanto, provocar alívio e, por conseguinte, o riso. A censura é enganada e assim quebra-se a proibição que fica disfarçada por uma ideia que não denote algo proibido. Como um insulto dito como “brincadeira”».

Nesta conformidade mantemos uma secção sobre o humor, selecionando todas as semanas, sempre que possível um quadro humorístico que nos chegue via mensagens eletrónicas e retrate a situação pandémica atual.

Aqui fica a nossa seleção para melhor da semana:

Image may contain: text that says '"Portugal vai receber 15 mil milhões a fundo perdido. Nós somos 10 milhões, vamos receber milhão e meio cada é isso?" um, Pedro PedroPi Pi Alguém sabe para onde devo enviar o NIB?'

Como dizia o saudoso Raul Solnado, façam favor de ser felizes …

Os comentários estão fechados.