ACONTECEU NO DIA 3 DE SETEMBRO DO ANO…

CANTOR MIGUEL de PAIVA LANÇA DOIS NOVOS TRABALHOS
1 Setembro, 2020
VERDES EXIGEM ESCLARECIMENTO SOBRE ENVENTUAL CONTAMINAÇÃO DE SOLOS NO PARQUE DAS NAÇÕES
4 Setembro, 2020

ACONTECEU NO DIA 3 DE SETEMBRO DO ANO…

Lohner_Porsche o primeiro automóvel hibrido da história

A 3 de Setembro de 1875, nasceu Ferdinand Porsche, numa família de língua alemã, na cidade de Maffersdorf (Vratislavice nad Nisou), região da Boêmia, Áustria-Hungria, hoje parte da cidade de Liberec na República Checa.

Construtor de carros para a Volkswagen, como o carocha, e depois, os míticos carros desportivos cuja marca ostenta o seu apelido.

O seu primeiro projeto, lançado em 1898, foi o C2 Phaeton, que ficou conhecido como “Sistema Lohner-Porsche”, uma carruagem movida por um motor de combustão interna com um sistema de direção híbrido, com quatro motores elétricos montados nas rodas. Também conhecido por P1 (Porsche n°1), circulou pela primeira vez em 26 de Junho de 1898 e foi um dos primeiros carros licenciados na Áustria. Ferdinand Porche Faleceu em 30/1/1951.

SANTO GREGÓRIO MAGNO – Nasceu em Roma em 540, teólogo, perfeito de Roma, após o que se dedicou a Deus, vendendo propriedades para construir mosteiros na Sicília e em Roma onde se recolheu, para jejuns e contemplações, conselheiro do Papa Pelágio, sucedeu–lhe em 3/9/590, tendo desenvolvido notável obra missionária na Lombardia, Espanha e Gália e a conversão da Inglaterra foi o maior sucesso do seu pontificado, escreveu os deveres dum bispo, inúmeras homilias e comentários que o levaram a doutor da igreja, compôs orações e criou uma liturgia latina, o canto gregoriano deriva do seu nome, morreu de gota e gastrite em 12/3/604, sepultado na Capela Clementina do Vaticano, é o padroeiro dos cantores, em 590, neste dia, foi designado como Papa Gregório I.

 

1189 – Coroado como Ricardo I na Abadia de Westminster o rei Ricardo Coração de Leão de Inglaterra.

 

1384 – Fim do cerco de Lisboa, (crise de 1383/85).

 

1539 – Aprovados os estatutos da Ordem dos Jesuítas, pelo Papa Paulo III.

 

1758 – Atentado falhado ao Rei D. José I, perpetrado pelos Távoras pelo qual foram condenados.

 

1759 – O Rei D. José I promulgou a carta régia expulsando de Portugal a Ordem dos Jesuítas.

 

1759 – Iniciou–se a construção da Igreja da Memória, em Lisboa ou Igreja de Nossa Senhora do Livramento e de São José construída em memória da tentativa de assassinato neste dia em 1758 do Rei D. José pelos Távoras, o projeto coube ao italiano Giovanni Carlo Bibienna, arquiteto e cenógrafo, a condução das obras esteve a cargo de Mateus Vicente de Oliveira, que o substituiu após a sua morte e que manteve as caraterísticas essenciais do projeto, depois da morte do rei, a construção da igreja foram muitas as demoras até que estivesse concluída e até hoje nunca foi consagrada pelo Patriarcado de Lisboa.

 

1783 – Fim de guerra e reconhecimento da independência dos E.U.A.

 

1791 – A assembleia nacional votou a Constituição Francesa, instaurando a monarquia constitucional.

 

1875 – Nasceu em Maffersdorf, Boémia, Ferdinand Porsche, construtor de carros para a Volkswagen, como o carocha, e depois, os míticos carros desportivos cuja marca têm o seu apelido. Faleceu em 30/1/1951.

 

1883 – Nasceu em Damão, António Sérgio de Sousa, foi dos pensadores mais marcantes do Portugal contemporâneo, com uma obra que se estende da teoria do conhecimento, à filosofia política e à filosofia da educação, passando pela filosofia da história, ensaísta, crítico e pedagogo, deixou vasta obra publicada de que destacamos, ‘O Problema da Cultura e o Isolamento dos Povos Peninsulares’, ‘Ensaios’, ‘Democracia’ e ‘Tentativa de Interpretação da História de Portugal’, ministro na primeira República, fundou o Instituto Português  de Oncologia, resistente contra o Estado Novo, paladino do cooperativismo. Faleceu em 24/1/1969.

 

1898 – Nasceu em Lisboa, Artur Virgílio Alves dos Reis, burlão, foi o cabecilha da maior falsificação de notas de banco da História em 1925 com as notas de 500$ com a efígie de Vasco da Gama, em Angola fez–se passar por engenheiro e com um cheque sem cobertura comprou a maioria das ações da Companhia dos Caminhos de Ferro Transafricanos em Moçâmedes, tornando–se rico e com prestígio, de volta a Lisboa em 1922 comprou uma empresa de revenda de automóveis americanos e depois tentou apoderar–se da Companhia Ambaca, para o conseguir, passou cheques sem cobertura e usou depois o dinheiro da própria Ambaca para cobrir os cheques sobre a sua conta pessoal, no total apropriou–se de 100.000 dólares e com esse dinheiro comprou a Companhia Mineira do Sul de Angola, acabando preso no Porto em julho de 1924, durante a prisão engendrou o golpe da falsificação de notas, falsificando um contrato em nome do Banco de Portugal, parcialmente privada, que lhe permitiria obter notas ilegítimas mas impressas numa empresa legítima e com a mesma qualidade das verdadeiras e pôs o seu plano em marcha com os cúmplices Karel Marang van Ijsselveere, Adolph Hennies, Adriano Silva, Moura Coutinho, Manuel Roquette e José Bandeira, que montaram um esquema internacional de compra da impressão de 200.000 notas de 500$ em nome do Banco de Portugal, com o propósito de adquirir o próprio banco… Revelada a burla foi preso, julgado e condenado a 20 anos, 8 de prisão e 12 de degredo ou, em alternativa a 25 anos de degredo. Faleceu em 9/7/1955.

 

1909 – Publicou–se o primeiro número do semanário republicano ‘O Povo de Felgueiras’, fundado pelo republicano João Machado Ferreira Brandão e dirigido por Joaquim de Barros Leite.

 

1914 – Foi eleito o Papa Bento XV, o 258.º.

 

1938 – Leon Trotski e seus seguidores fundaram a IV Internacional.

 

1939 – A Inglaterra e a França declararam guerra à Alemanha, dando início à II Guerra Mundial.

 

1943 – Invasão da Itália pelos aliados.

 

1944 – As tropas aliadas libertaram Bruxelas da ocupação alemã.

1976 – Cessou a publicação do ‘Jornal do Comércio’, que iniciara a sua atividade em 17/10/1853.

       

1976 – Aterragem da sonda Viking II em Marte.

 

1985 – O paquete Titanic foi encontrado a 4.000m de profundidade a 900 kms. da Terra Nova pelo Instituto Francês para a Investigação e Exploração do Mar.

Os comentários estão fechados.