ODIVELAS VOLTA A REGISTAR A MAIOR TAXA DE NATALIDADE DO PAÍS
22 Junho, 2020
SITUAÇÃO COVID-19 EM PORTUGAL – NEM MILAGRE NEM DESASTRE
22 Junho, 2020

ACONTECEU A 22 DE JUNHO NO ANO …

Em 22 Junho 1941 – A Alemanha invadiu a Rússia, iniciando Operação Barbarossa.

ACONTECEU A 22 DE JUNHO NO ANO …

431 – Decorreu até 17/7 o Concílio de Éfeso, presidido por Cirilo, bispo de Alexandria, quando era Papa Celestino I, participaram mais de duzentos bispos, foi discutida a doutrina de Nestório, Bispo de Constantinopla que considerava “Jesus como filho humano de Maria, recusando a natureza divina do Salvador, o dogma da Imaculada Conceição e rejeitando a Santíssima Trindade”, Nestório foi expulso e decidiu–se que a Virgem Maria passasse a ser designada por Theotokos ou mãe de Deus.

816 – Foi designado o Papa Estêvão V.

1535 – O Rei Henrique VIII mandou cortar a cabeça a John Fisher, Bispo de Rochester, que se mostrara contrário à sua decisão de romper com Roma, tendo sido preso por isso, a sua decisão baseou–se em que constava que fora nomeado Cardeal pelo papa e pretendia enviar a este a sua cabeça a Roma para lhe colocarem a mitra cardinalícia, foi canonizado.

1557 – Faleceu de causas naturais em Florença, Nicolau Maquiavel.

1633 – A Congregação para a Doutrina da Fé em Roma forçou Galileu Galilei a renegar a sua ideia de que o Sol, e não a Terra, era o centro do universo.

1751 – Benjamin Franklin, cientista americano, realizou a primeira experiência que levou à invenção do para–raios.

1763 – Nasceu em Givet, Étienne–Nicolas Méhul, compositor, músico, organista, influenciado por Gluck, Mozart e Beethoven, membro da Academia de Música, obras que compôs, ‘Euphrosine et Corradin’, ‘Alonso et Cora’, ‘Chant du Départ’ e as óperas ‘Le Jeune Henry’, ‘Ariodant et Adrien e Joseph ‘e ainda ‘Hymne à la Nature’. Faleceu em 18/10/1817.

1808 – Expulsão da guarnição francesa do Forte de S. Catarina, Figueira da Foz, na qual participou Fernandes Tomás.

1840 – Publicou–se em Aveiro o jornal liberal ‘A Revolução de Setembro’, uma iniciativa de José Estêvão, propondo “uma constituição popular, um rei sem arbítrio; uma representação extensa”.

1846 – Definitivamente extintos os forais em Portugal.

1874 – Concluída a instalação dum cabo submarino entre o Brasil e a Europa.

1898 – Nasceu em Osnabrüumlck, Erich Maria Remarque, escritor alemão de ‘A Oeste Nada de Novo’ e ‘Noite em Lisboa’, em 1932 foi viver para a Suíça e seus livros banidos pelos nazis tendo perdeu a cidadania em 1938, outra obra passada ao cinema foi ‘O Arco do Triunfo’. Faleceu em 25/9/1970.

1924 – Graves acontecimentos em Silves durante um dos vários episódios de lutas pelos direitos dos operários corticeiros que tinham uma estrutura articulada com outras estruturas operárias na cidade e em localidades próximas e desencadearam uma das suas lutas pela melhoria das suas condições, mas as autoridades policiais locais reagiram de forma cobarde e  agressiva, e para tentarem impedir a manifestação operária, um dos guardas disparou sobre a multidão matando um operário e ferindo outras pessoas incluindo crianças. Esta atuação teve grave impacto em todo o país, agregando movimentos e mobilizando os operários para outras lutas que se seguiram, liderados pela C.G.T. e pelo jornal operário A Batalha.

1927 – Nasceu em Setúbal, José Maria Lima de Freitas, pintor, ilustrador, publicitário e ensaísta, neo–realista, estudou na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, expôs em quase todas as exposições  de artes plásticas, destacou–se também na pintura de painéis de azulejos, tapeçaria e gravura, como ensaísta, escreveu ‘Pintura Incómoda’, ‘Almada e o Número’ e ‘Imagens da Imagem’, ilustrou mais de uma centena de livros e criou a cerâmica nacional de Porches, juntamente com o pintor Patrick Swiff, autor de obras de arte, murais de azulejos, dos quais se destacam os painéis destinados da estação ferroviária do Rossio, inspirados em mitos e lendas de Lisboa. Cavaleiro e condecoração de mérito pelo governo francês, comenda da Ordem de Santiago, pelo governo português. Faleceu em 5/10/1998.

1941 – A Alemanha invadiu a Rússia, iniciando desta forma a viragem decisiva na II Grande Guerra Mundial, a Operação Barbarossa.

 

 

Os comentários estão fechados.