CDU-REAQUALIFICAÇÃO DE ESPAÇOS PÚBLICOS NOS BAIRROS SOCIAIS DE SANTA MARIA
11 Agosto, 2020
ACONTECEU A 13 DE AGOSTO DO ANO…
13 Agosto, 2020

ACONTECEU A 11 DE AGOSTO DO ANO…

Arapahoe o primeiro navio a transmitir um pedido de SOS

 

 

 

A 11 de  Agosto de 1578 faleceu em Coimbra, Pedro Nunes, natural de Alcácer do Sal. médico , matemático, investigador, cosmógrafo e humanista, inventor do nónio, estudou em Salamanca, foi professor do Infante D. Henrique na Universidade de Coimbra. Pedro Nunes foi escolhido pelo Papa Gregório XIII para a reforma do calendário  gregoriano, escreveu, ‘Sphera’, ‘De Crepusculis’ e ‘Libro de Álgebra em Arithmetica e Geometria’.

SANTA SUSANA – De origem romana nobre, desprezou todas as ofertas de esposos que o Imperador Diocleciano lhe ofereceu, porque decidiu conservar–se pura e imaculada em obséquio a Jesus, mandou prende–la numa prisão. Maximiliano, filho adotivo de Diocleciano ousou entrar na cela, com ânimo depravado, porém, ela pela oração, viu–se envolta num resplendor celeste e defendida pelo anjo Custódio, que a preservou do perigo. Diocleciano condenou–a à morte ordenando a sua execução na cela, Serena, mulher de Diocleciano, cristã, fez que a colocassem num decente sepulcro.

SANTA CLARA (DE ASSIS) – Nascida em 1194 em Assis, recusou duas propostas de casamento e aos dezoito anos recebeu o véu de São Francisco de Assis, tendo fundado a Ordem das Clarissas Pobresem Assis, onde as freiras faziam voto de pobreza, vivendo de esmolas, recusou todas as honrarias e recusou mesmo uma renda mensal que o Papa Gregório IX lhe quis atribuir, fazia permanentes jejuns, vestia roupa de estamenha, andava descalça e viveu sempre em contemplação, faleceu em 1253 e foi canonizada em 1257, padroeira da televisão e das bordadeiras.

3114 a.C. – Começo da atual era na contagem longa do calendário maia.

480 a.C. – Os persas de Xerxes derrotaram os espartanos de Leónidas na Batalha das Termópilas, no mesmo dia foi travada a Batalha de Artemísio, terminada sem declaração de vencedor.

1492 – Rodrigo de Borja foi proclamado Papa Alexandre VI, suspeito de ter subornado para obter o cargo.

1578 – Chegou a Lisboa a carta despachada pelo capitão Leonis Pereira para os governadores do reino, com a notícia do desbarate do exército português no Magrebe, anunciando o desfecho da Batalha de Alcácer Quibir nas margens do Rio Lucus, entre portugueses e marroquinos, nada acrescentando à sorte do Rei D. Sebastião.

1578 – Faleceu em Coimbra, Pedro Nunes, natural de Alcácer do Sal em 1502, médico por Lisboa, matemático, investigador, cosmógrafo e humanista, inventor do nónio, estudou em Salamanca, professor do Infante D. Henrique e na Universidade de Coimbra, escolhido pelo Papa Gregório XIII para a reforma do calendário  gregoriano, escreveu, ‘Sphera’, ‘De Crepusculis’ e ‘Libro de Álgebra em Arithmetica e Geometria’.

1675 – Inaugurado o Real Observatório Astronómico de Greenwich, em Inglaterra.

1781 – Nasceu no Rio de Janeiro, Joaquim Gonçalves Lêdo, estudou leis em Coimbra, participou no movimento de independência do Brasil, fundou juntamente com Januário da Cunha Barbosa, em 1821, o jornal Revérbero Constitucional Fluminense, que passou a estar na vanguarda da libertação do país, procurador–geral do Rio de Janeiro, conselheiro de estado e deputado, redigiu o manifesto de Dom Pedro aos brasileiros em 1/8/1822 e considerava como inimiga a tropa portuguesa enviada para o Brasil. Faleceu em 19/5/1847.

1829 – Batalha em Vila Nova da Praia, hoje a cidade da Praia da Vitória, na Ilha Terceira entre liberais e miguelistas.

1864 – Nasceu no Porto, Duarte Leite Pereira da Silva, licenciado em matemática e em filosofia por Coimbra e prosseguidos no Brasil, professor, cientista, jornalista, embaixador no Rio de Janeiro, político republicano e deputado, dirigiu o diário portuense A Pátria e escreveu na Voz Pública, no Primeiro de Janeiro e na Seara Nova, vereador da Câmara Municipal do Porto, ministro e presidente do ministério. Faleceu em 29/9/1950.

1877 – Descoberta de dois satélites de Marte, por Asaph Hall, em Washington, E.U.A.

1909 – O navio Arapahoe estava perdido no norte do continente americano e foi o primeiro a transmitir o pedido de SOS pelo rádio. Assim como ocorria na telegrafia usada em terra, o código Morse também era o método usado pelos operadores de comunicações das embarcações para a transmissão sem fio de informações diversas. Mas qual sinal de socorro era universalmente entendido? Antes da convenção de 1906, vários países e organizações decidiam individualmente quais códigos suas embarcações usariam, e o código até então mais amplamente adotado era o CQD criado pela companhia Marconi International Marine Communication: as primeiras duas letras – C e Q – já eram usadas na telegrafia terrestre para anunciar uma “chamada geral” (broadcast) para todas as estações de rádio, ao passo que a letra D foi adicionada como uma referência à palavra inglesa distress, que significa algo como “perigo”, “angústia” ou “aflição”.

1912 – Rosalina Gomes Leite da Silva, mulher livre, republicana e livre pensadora, foi a primeira mulher a ter um enterro civil em Braga após a implantação da república, os republicanos do Porto, de Braga e de Barcelos, fundaram um jornal, número único, intitulado A Mulher Livre, em sua homenagem, distribuído neste dia da romagem fúnebre ao cemitério municipal de Braga, onde tinha sido sepultada em jazigo da família, causando a maior manifestação republicana em Braga.

1920 – A União Soviética reconheceu a independência da Letónia.

1934 – Aberta ao público a Prisão de Alcatraz, na Baía de San Francisco, que acabou desativada em março de 1963.

1960 – Declarada a independência do Chade.

1972 – Abandonou o campo de Batalha do Vietname a última companhia do exército dos E.U.A.

1979 – Rutura na Barragem de Machchhu, em Guzarate, na Índia, provocou cerca de quarenta mil mortos.

1991 – Concretizada a primeira implantação de células pancreáticas, produtoras de insulina, em Londres.

Os comentários estão fechados.